Conheça aplicativos educacionais fáceis de encontrar e utilizar e que podem transformar a sua sala de aula.

Os apps são parte da nossa rotina. Utilizamos suas funcionalidades e praticidade para trabalhar, nos momentos de lazer, para organizar nossas atividades e, também, para apoiar os processos de ensino-aprendizagem – afinal, estamos vivenciando a Educação 5.0. Nela, os aplicativos educacionais são grandes aliados tanto dos estudantes quando dos professores.

Isso porque esse tipo de ferramenta ajuda a tornar as aulas mais dinâmicas e engajadoras e possibilita aplicar com mais versatilidade as metodologias ativas de aprendizagem, como a gamificação e a Cultura Maker.

Para se aprofundar neste universo, continue a leitura. A seguir, conheça alguns dos melhores aplicativos educacionais para utilizar em sua escola em 2024.

Aplicativos educacionais para começar a utilizar e dinamizar sua sala de aula

Os aplicativos educacionais desempenham um papel fundamental na modernização das metodologias tradicionais de ensino-aprendizagem, oferecendo experiências interativas e envolventes, adaptadas às necessidades e preferências dos alunos que, hoje, são nativos digitais (nasceram e crescem rodeados pela tecnologia).

Eles podem ser aliados também para:

  • ajudar a desenvolver habilidades fundamentais;
  • fortalecer a competência digital dos alunos;
  • promover o gosto pelo aprendizado;
  • estimular a criatividade e melhorar a capacidade de comunicação e colaboração dos alunos;
  • entre outras possibilidades.

Leia também: 4 ideias para usar a tecnologia na educação infantil

Alguns dos aplicativos educacionais recomendados que são fáceis de encontrar e utilizar e que contam com recursos úteis e relevantes para as salas de aula são:

1. Keynote

Este app é voltado à criação de apresentações em dispositivos móveis. Apesar de conter recursos avançados, ele é muito simples e fácil de utilizar.

Com poucos comandos, é possível obter resultados incríveis trabalhando com textos, tabelas, gráficos, fotos, vídeos e animações que ajudam a ilustrar e a dar vida a conceitos que poderiam ser complexos de serem apresentados de outra maneira.

O Keynote também permite a colaboração em tempo real, possibilitando que os alunos desenvolvam suas atividades com os colegas mesmo em aulas remotas ou híbridas.

Leia também: O presente e o futuro das Tecnologias Educacionais nas escolas

2. ScratchJr

O código é a linguagem da tecnologia no século 21. Desenvolver familiaridade e aprender esses códigos e como programá-los desde cedo será, ano a ano, algo cada vez mais indispensável.

Nesse contexto, o ScratchJr é um dos aplicativos educacionais mais utilizados para promover esse primeiro contato. Ele é uma versão do Scratch, um app destinado a crianças a partir de oito anos. Por sua vez, o ScratchJr foi adaptado para as crianças entre cinco e sete anos.

Por meio dele, os alunos são apresentados a uma linguagem de programação visual, projetada para apoiar o aprendizado de modo lúdico, com a criação de histórias, animações e jogos interativos.

Além da programação, com o ScratchJr, é possível estimular o desenvolvimento de habilidades e competências como:

  • criatividade;
  • resolução de problemas;
  • colaboração;
  • pensamento crítico.

Obtenha mais dicas em: BNCC da Computação: conheça as diretrizes e adeque suas aulas

3. SketchesSchool

A criatividade é uma competência destacada nas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e cada vez mais exigida em sociedade e no mercado de trabalho. Estimulá-la ainda nos anos iniciais na escola é, portanto, essencial.

Um dos aplicativos educacionais que são aliados para esse propósito é o SketchesSchool. Essa é uma ferramenta para desenhos, ilustrações e pinturas digitais, desenvolvida especialmente para ser utilizada pelas crianças.

Sua utilização intencional e alinhada aos objetivos pedagógicos contribui para:

  • estimular habilidades socioemocionais;
  • fomentar a capacidade de resolução de problemas;
  • tornar conceitos abstratos e complexos mais visuais e fáceis de serem compreendidos;
  • aplicar metodologias ativas em sala de aula, especialmente a de Design Thinking;
  • estimular a expressão artística dos alunos;
  • trabalhar, de forma prática, conceitos envolvendo cor, noções espaciais, simetria e outros.

Leia também: Educação transformadora: preparando cidadãos e profissionais para o futuro

4. Pages

O Pages é um aplicativo que permite personalizar textos, adicionar gráficos, gravações de voz e vídeos a um projeto.

Com ele, os alunos podem criar, por exemplo, seus próprios livros de histórias, um guia ilustrado para seu bairro ou da própria escola, fazer um pôster sintetizando um conteúdo, um informativo, entre outros projetos.

Assim, esse aplicativo permite uma utilização criativa da tecnologia par promover novas e mais dinâmicas experiências de aprendizagem.

5. GarageBand

Este é um aplicativo educacional de gravação digital que permite aos alunos captar sua voz com um microfone ou tocar vários instrumentos virtuais.

O GarageBand é bastante versátil, podendo ser utilizado, por exemplo, para:

  • praticar habilidades de linguagem oral;
  • melhorar a fluência de leitura;
  • estimular a concentração e a criatividade;
  • criar podcasts;
  • gravar e compartilhar histórias criadas pelos alunos;
  • criar músicas e trilhas e efeitos sonoros para as histórias dos alunos;
  • trabalhar de forma lúdica e prática conceitos como rimas e versos;
  • ampliar o repertório cultural dos alunos;
  • criar projetos artísticos e promover contato com instrumentos musicais variados.

Leia também: 7 dias para usar da melhor forma a música na Educação Infantil

6. PlayDohTouch

As crianças aprendem melhor fazendo e, tradicionalmente, o tempo de tela delas pode ser mais passivo. Para torná-lo mais ativo e mostrar que a tecnologia também pode ser utilizada nos processos de aprendizagem de modo divertido, há aplicativos educacionais como o PlayDohTouch.

Este app combina o digital com experiências do mundo real. Com ele, após criarem seus projetos com a massinha Play-Doh, os alunos poderão fotografá-los e inseri-los no PlayDohTouch para utilizá-los em animações, adicionando elementos e efeitos e criando personagens e objetos que se tornam interativos no aplicativo.

Gostou dessas dicas de aplicativos educacionais? Então, acesse o Portal Planneta Educação e garanta hoje todos os nossos Materiais Educativos Gratuitamente!

Sugestões de imagens:

https://br.freepik.com/fotos-gratis/professor-ajudando-alunos-com-tablet-digital_13132952.htm#fromView=search&page=1&position=35&uuid=e5e76d89-3e0d-4d8c-86c4-4c873fabf03d
https://br.freepik.com/fotos-gratis/mulher-olhando-para-tablet-de-garota-feliz_31239516.htm#fromView=search&page=1&position=34&uuid=e5e76d89-3e0d-4d8c-86c4-4c873fabf03d
https://br.freepik.com/fotos-gratis/menina-sentada-no-chao-com-um-tablet_1263138.htm#fromView=search&page=1&position=3&uuid=659344a7-9c2d-459d-aa60-bb1a3224ad19
https://br.freepik.com/fotos-gratis/menina-usando-tablet-digital-na-escola_13133290.htm#fromView=search&page=1&position=34&uuid=659344a7-9c2d-459d-aa60-bb1a3224ad19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Informações

Pular para o conteúdo